Grupo hoteleiro português aposta forte no Brasil

O grupo empresarial e econômico português Vila Galé está estudando o investimento em novos hotéis no Brasil. Em declarações a jornalistas e de acordo com o “Jornal Económico”, o presidente do grupo, Jorge Rebelo de Almeida, afirmou que a empresa está avaliando novas localizações em estados do Nordeste. O caso de Una, em Pernambuco, está relativamente adiantado, tendo o presidente falado que o próprio governo estadual ofereceu terrenos mas que o grupo português está agora esperando uma resposta das autoridades.

O empresário hoteleiro mencionou ainda que está avaliando “duas ou três áreas com viabilidade ambiental” no Ceará e que no Rio Grande do Norte, próximo a Pipa, existirá uma área com potencial. É de lembrar que o Grupo Vila Galé tem prevista a inauguração, a 1 de setembro de 2018, de um novo hotel com 300 quartos e 6 restaurantes em Touros/RN.

E a insegurança do país?

A vontade de investir parece ir contra as perspectivas pessimistas do Brasil atual. Até o site americano Buzzfeed retratou o protesto dos caminhoneiros. Seria de esperar que os grupos estrangeiros estivessem mais hesitantes na hora de investir.

Mas Rebelo de Almeida revela ser alguém que conhece bem o terreno que está pisando. De acordo com o presidente do Vila Galé, “a sensação de insegurança no Brasil não é invenção da mídia, mas é muito exagerada.” Acrescenta que “tem uma imagem positiva do Brasil” e que a economia não está tão abalada como por vezes se pensa (será por isso que tem menos protesto agora que em 2013?). No mais, os resorts do grupo português estão dando certo e Rebelo de Almeida aponta que ainda tem falta de oferta de hotéis no Brasil, sendo um país com 200 milhões de habitantes, especialmente em hotéis de cidade.

O empresário português acrescenta que espera que o Brasil possa colocar “um cara equilibrado, razoável e com bom senso” na Presidência da República e que o país tem tudo para sair da crise.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *